Aeroporto de Viracopos
Foto - Aeroporto de Viracopos/Divulgação

A prefeitura de Guarulhos iniciou nesta sexta-feira (28) a vacinação dos trabalhadores do transporte aéreo, incluindo os aeronautas, em posto montado dentro do aeroporto GRU Airport (saguão do Terminal 1).

De acordo com a concessionária do aeroporto, a vacinação será realizada sempre das 9h às 16h, até o dia 1º de junho, seguindo cronograma do link abaixo. Após o dia 1º de junho, a orientação é procurar as UBS (Unidades Básicas de Saúde) da cidade.

Obs.: verificamos que a restrição de idade para a vacinação anunciada pelo GRU Airport NÃO está sendo aplicada e que, por volta das 11h desta sexta (28), não havia filas no local.

Orientações e regras do GRU Airport para vacinação no aeroporto: https://tinyurl.com/cyp2er4k.

A cidade de São Paulo, por sua vez, anunciou para a próxima terça-feira (1º de junho) o início da vacinação dos trabalhadores do transporte aéreo.

De acordo com a prefeitura de São Paulo, a vacinação na cidade será feita nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) e nos postos de vacinação implantados —inicialmente, não há um plano para vacinação nos aeroportos de Congonhas e Campo de Marte.

Orientações e regras da prefeitura para vacinação na cidade de São Paulo: https://tinyurl.com/c92vtmnv.

Em Campinas, foi confirmada a vacinação para os trabalhadores do transporte aéreo e tripulantes no Aeroporto de Viracopos entre os dias 29 de maio e 2 de junho, das 7h às 19h, no Corredor do Edifício Garagem (na antiga sala dos Correios) – Piso 0.

De acordo com comunicado, é necessário realizar o pré-cadastro no VACINA JÁ do Governo de São Paulo (www.vacinaja.sp.gov.br) e realizar o pedido de agendamento no site da Prefeitura de Campinas a partir do dia 28 de maio em: https://vacina.campinas.sp.gov.br/vacinas/covid-19.

Mais uma vez, ressaltamos que é importante que os tripulantes se informem em cada localidade sobre todos os procedimentos exigidos.

Fiquem atentos às convocações para a vacinação em outras cidades, não só do estado de São Paulo como de todo o país.

Lembramos também que, conforme resposta do Ministério da Saúde ao SNA em ofício, os aeronautas podem se vacinar em qualquer cidade, não havendo necessidade para a categoria de comprovar domicílio (recomenda-se portar o ofício disponível no link abaixo impresso).

 

Via: SNA