GOL Linhas Aéreas Boeing 737-800 Smiles

Encerrando o período de alta temporada de viagens no país, a Ágora Investimentos atualizou recentemente suas recomendações de compra para a GOL Linhas Aéreas. A recomendação agora é neutra, isso porque a Ágora está observando o recuo da demanda de viagens nos próximos meses.

Apesar da cautela, a Ágora reconheceu que as companhias aéreas estão conseguindo recuperar boa parte de seus lucros nos últimos meses. Os impactos da Covid-19 nas finanças de diversas empresas foi seriamente afetado.

A alteração da recomendação da GOL agora segue a mesma aplicada na Azul Linhas Aéreas, agora as empresas são classificadas como neutra. Para concretizar essas mudanças a Ágora leva em consideração o atual período no Brasil.

A curto prazo os analistas não enxergam grandes evoluções e mostram preocupação com o cenário. Atualmente o país esta vacinando a população de forma lenta, além disso os preços dos combustíveis podem cooperar para uma redução de oferta frente a redução da demanda. 

“As companhias aéreas precisarão enfrentar uma implementação da vacina Covid-19 mais lenta do que o esperado na região e preços de petróleo mais altos. Este cenário significará que eles precisam aumentar as tarifas aéreas e aumentar a capacidade ao mesmo tempo que a demanda é frágil”. Disse a Ágora.

Em uma pesquisa feita entre a Ágora e o Bradesco BBI mostrou que as companhias aéreas estão buscando reduzir os custos com as viagens de negócios. Estima-se uma melhora nas viagens corporativas no segundo trimestre desse ano.

O preço das ações da GOL foram elevados para R$ 25,00, ante R$ 23,00. A Azul também teve seu valor de ações alterado de R$ 27,00 para R$ 40,00.

 

Fonte: Money Times