Airbus A320neo CFM Leap
Foto: Autor Desconhecido

A Air China vai ampliar a sua frota de aeronaves de médio porte, com novos Airbus A320neo. A empresa irá fazer um acordo de leasing com a AFS Investiments que é uma subsidiaria da GECAS para 18 aeronaves do tipo. 

Segundo a companhia aérea o valor estimado do negócio será de US$ 2,24 bilhões, e as entregas serão feitas até o ano de 2022. A decisão de trazer novas aeronaves, faz com que a empresa fortaleça a sua participação no mercado doméstico da China, no qual tem mostrado boa retomada. 

Além disso, os valores para o leasing das novas aeronaves juntamente com o câmbio favoreceram a decisão da Air China. Na China, o Boeing 737 MAX continua sem ter autorização de voar, o que favorece a Airbus em fechar novas vendas. 

China COMAC ARJ-21
Foto: Divulgação

A Air China possui 16 737 MAX em sua frota, como não pode utilizar a aeronave teve de recorrer ao A320neo, no qual possui 32 aeronaves. Além dos aviões americanos e europeus, a Air China também tem apostado no Comac ARJ21 para fortalecer sua presença no mercado. 

A última encomenda da Air China para aeronaves da Airbus, havia sido em 2019, quando encomendou o Airbus A350.

 

Fonte: Reuters