Air Tanzânia
Foto: Boeing

A Boeing a República Unida da Tanzânia anunciaram uma encomenda para um 787-8 Dreamliner, um Cargueiro 767-300 e dois jatos 737 MAX durante Dubai Airshow 2021. Os aviões serão operados pela Air Tanzânia, porta-bandeira nacional da Tanzânia. As novas aeronaves servirão para expandir o serviço do país para novos mercados na África, Ásia e Europa. A ordem, avaliada em mais de US$ 726 milhões a preços de tabela, não foi identificada anteriormente no site de Pedidos e Entregas da Boeing.

Com sede em Dar es Salaam, Air Tanzânia expandirá sua frota atual do Boeing 787 Dreamliner, aproveitando os novos 737 MAX para sua rede regional e o Cargueiro 767–300 para capitalizar a crescente demanda de carga da África.

Segundo dados da Boeing, até 2040, as companhias aéreas africanas exigirão 1.030 novos aviões avaliados em US$ 160 bilhões e serviços de pós-venda, como fabricação e reparo no valor de US$ 235 bilhões, apoiando o crescimento das viagens aéreas e economias em todo o continente.

A história da Boeing na África começou há mais de 75 anos, com mais de 60 clientes de companhias aéreas operando até 500 aviões do fabricante norte-americano. A Boeing possui um escritório em Joanesburgo, África do Sul, além de representantes de serviços de campo que apoiam clientes comerciais em todo o continente.

Como uma empresa aeroespacial global, a Boeing desenvolve, fabrica e serviços aviões comerciais, produtos de defesa e sistemas espaciais para clientes em mais de 150 países.

Como um dos principais exportadores dos EUA, a empresa aproveita os talentos de uma base global de fornecedores para promover oportunidades econômicas, sustentabilidade e impacto na comunidade. A diversificada equipe da Boeing está comprometida em inovar para o futuro e viver os valores fundamentais da empresa de segurança, qualidade e integridade.

Via: Boeing

DEIXE UMA RESPOSTA