Airbus A321neo da S7 Airlines registra foco de fogo no motor em solo

Investigadores russos estão analisando um incêndio no motor envolvendo um Airbus A321neo da S7 Airlines, de matrícula VQ-BGR, que ocorreu quando a aeronave estava se preparando para partir de Novosibirsk, na Rússia.

O avião equipado com os seus motores Pratt & Whitney PW1100G estava operando o voo S75783, para Cam Ranh, por volta das 01h30 do dia 18 de janeiro, quando sofreu o incidente.

A divisão de transporte da Sibéria Ocidental do Comitê Federal de Investigação da Rússia declara que informações preliminares indicam que ocorreu uma “ignição do combustível de aviação [querosene] acumulado”.

Os sensores de temperatura dos gases de escape foram acionados, acrescenta, e os pilotos precisaram ativar o sistema de extinção de incêndio do motor.

Relatórios da mídia russa RT sugerem que os pilotos tentaram ligar os motores várias vezes, até resultar no foco de fogo no motor durante uma das tentativas.

Logicamente não há feridos entre os 180 passageiros e cinco tripulantes, todos os que estavam a bordo desembarcaram normalmente. O comandante optou por cancelar o voo, que foi realizado 12 horas depois com outra aeronave.

As circunstâncias do incidente estão sendo avaliadas, disse o Comitê de Investigação.

 

DEIXE UMA RESPOSTA