O Airbus A330-200 da Aigle Azur já foi apresentado por aqui, mas naquela foto há poucos detalhes, como a tradicional máscara dos A350.

Essa máscara fica localizada na janela do cockpit, e vem como padrão desde o A350. A Airbus também incorporou o mesmo estilo visual no A330neo, outras companhias também adotaram esse padrão em seu novo esquema de pintura.

Essa aeronave resultou em um investimento do empresário David Neeleman para encomendar dois aviões Airbus A330-200, o mesmo tipo de aeronave usada na frota da Azul e TAP, companhias do mesmo empresário.

O primeiro voo que ela realizará pela companhia será entre Paris e Porto (Portugal). Posteriormente a companhia utilizará essa aeronave para voos de longa distância. 

David Neeleman tem 32% de ações dessa companhia, depois de comprar a parte que pertencia ao Grupo Weaving em novembro de 2017. Além de Neeleman um grupo parceiro também detém boa parte da Aigle Azur, o NHA Group já é conhecido por ter participação na Azul e na TAP, e atualmente possui 48% da companhia francesa.

Configurados com três classes: Business, Economy Plus e Economy. A finalidade é uma rápida expansão das operações em voos de longa distância da Aigle Azur.

A Aigle Azur é a segunda maior companhia da França, ela só não supera a clássica Air France em número de passageiros transportados. Fundada em 1946, atualmente ela tem 11 aviões da família A320 em sua frota. A principal expansão das suas operações ocorreu após 2001, na administração do Grupo GoFast.

 

Foto abaixo: JEAN-BAPTISTE Rouer (Clique aqui para ver no Flickr)