A indústria espanhola assinou o contrato-quadro inicial da fase de demonstração do Future Combat Air System (FCAS), confirmando a Airbus como líder na Espanha para o New Generation Fighter (NGF) e contratante principal no domínio de baixa observabilidade de programa europeu de defesa.

Este contrato, assinado com parceiros da indústria francesa e alemã, completa a integração da Espanha como uma nação igual em todas as atividades do FCAS. A assinatura encerra um processo de dez meses de integração da Espanha como a terceira nação. A Airbus, que se dedicou ao longo do ano passado a apoiar esta integração da Espanha, dá as boas-vindas a esta etapa e assume um papel primordial no centro da participação da Espanha na FCAS, trabalhando diretamente com parceiros europeus e a indústria em geral em apoio à contribuição da Espanha para o programa.

O contrato cobre o trabalho inicial de desenvolvimento dos demonstradores de programa e o amadurecimento de tecnologias de ponta, com a ambição de começar os testes de voo de demonstração da NGF no segundo semestre de 2026.

Mock up do caça FCAS- Foto: BAE Systems

Alberto Gutiérrez, Presidente da Airbus Espanha, disse: “Esta assinatura se baseia no reconhecido papel da Airbus como o principal contratante aeroespacial e de defesa na Espanha e garante que possamos apoiar os melhores interesses da Espanha, contribuindo com nosso design comprovado, capacidades industriais e técnicas, bem como nossa experiência em programas europeus soberanos de sucesso.

O lançamento da Fase de Demonstração sublinha a confiança política e a determinação das nações parceiras da FCAS e da indústria associada em avançar e cooperar de forma justa e equilibrada. O ímpeto crescente permite à indústria implantar os recursos e as melhores capacidades necessários para desenvolver este decisivo projeto europeu de defesa.

O FCAS fornecerá a próxima geração de poder aéreo soberano e representa o futuro da indústria aeroespacial e de defesa da Espanha. A Airbus desempenhará um papel importante trabalhando em estreita colaboração e ajudando a desenvolver as capacidades industriais e tecnológicas da Espanha.

 

Fonte: Airbus


DEIXE UMA RESPOSTA