A Airbus divulgou hoje (18/09) uma previsão de mercado para os próximos 20 anos, ressaltando que a frota de aeronaves que realizam voos comerciais deve dobrar dos 23000 aviões em 2019, para quase 48000 em 2038.

Com isso a frota de aeronaves em todo o planeta deve crescer na ordem de 4,3% ao ano, para que a frota atinja a previsão da Airbus até 2038.

Os dados da fabricante ainda apontam que 39210 desses aviões devem ser novos, ressaltando a grande demanda de aeronaves que deve ser majoritariamente atendida pela Airbus, Boeing e Embraer, visto que a Bombardier se retirou do mercado de aeronaves comerciais.

Utilizando a linha de produtos da Airbus, deverão ser 29720 novos aviões semelhantes ao A220 e ao A320neo.

Cerca 550.000 novos pilotos e 640.000 novos técnicos de manutenção serão necessários nos próximos 20 anos.

A fabricante europeia afirmou que desde 2000, o tráfego aéreo mais que dobrou em apenas 19 anos. Os países desenvolvidos, e as companhias Low Cost, impulsionaram o crescimento da aviação nas últimas duas décadas.

DEIXE UMA RESPOSTA