A nova versão do A321neo, da Airbus, não atingiu as esperadas 400 encomendas somente na estreia, mas finalizou o evento com mais de 240 encomendas e opções de compra, um bom número e que possibilita o desenvolvimento da versão.

O destaque vai para uma boa aceitação da aeronave a partir de companhias aéreas dos Estados Unidos, como a American Airlines, Frontier e JetBlue.

No total, foram recebidos 48 pedidos desse último modelo, além de compromissos para outras 79 aeronaves e 99 conversões do A321 para o XLR.

Confira as encomendas e intenções de compra recebidas pela Airbus na tabela abaixo:

Via – FlightGlobal

A Airbus espera vender mas aviões A321XLR nos próximos meses e anos, mas prefere não indicar um número exato do mercado. É possível saber que companhias como a Delta e United Airlines já demonstraram interesse no avião, principalmente pela sua capacidade de substituir o Boeing 757, mas ainda não realizaram encomendas para a nova aeronave.

 

O Airbus A321XLR

O A321XLR fornece cerca de 15% a mais de alcance de voo nas mesmas configurações do A321LR, e retira uma incômoda limitação da versão anterior que não permitia voo de boa parte dos países do oeste europeu para o leste dos Estados Unidos.


A nova aeronave tem um alcance máximo de aproximadamente 8700 km, quando configurada com 206 assentos no interior. Em comparação, o A321LR tem 7400km de alcance máximo nas mesmas condições.

Com esse lançamento a Airbus criou um eficiente substituto do Boeing 757, com a mesma filosofia de corredor único, e capacidade para até 240 passageiros em uma configuração de Classe Econômica. A Airbus promete uma economia de até 30% na queima de combustível por assento, em comparação com o Boeing 757.

O Airbus A321XLR poderá ser encomendado com motores CFM Leap-1A ou PW1100G, todos de nova geração. A aeronave é equipada de série com winglets e sistema fly-by-wire. O cockpit é o mesmo da família A320neo.

A nova aeronave estará disponível para entregas a partir de 2023, de acordo com a Airbus, e não tirará de linha o atual A321LR, que continua disponível para as companhias aéreas.