• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

ALTA: Brasil tem a rota com maior número de voos da América Latina aponta levantamento

Aeroporto de Congonhas ALTA Setor Aéreo Aviação AENA programa passagem avião aplicativo R$ 200 reais ABEAR Aviação América Latina ANAC Setor Aéreo

A força do mercado doméstico do Brasil, que hoje é o maior da região, é comprovada com a rota Congonhas-Santos Dumont em primeiro lugar no ranking das mais voadas de toda a América Latina. O trecho é quase 20% mais voado que o segundo colocado, Bogotá-Medelin (Colômbia).

O voo (BSB-CGH) que parte da capital federal para o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, também está entre as dez principais rotas, de acordo com levantamento da Associação Latino Americana e do Caribe de Transporte Aéreo – ALTA, no primeiro semestre de 2023 (janeiro a junho):

 

  1. CGH-SDU

   18.768 

      2.BOG-MDE

  15.365 

      3.CUN-MEX

  13.246 

       4.BOG-CLO

 11.716 

       5.BZE-SPR

 11.508 

       6.BOG-CTG

10.981 

       7.MEX-MTY

10.506 

       8.GDL-MEX

10.164 

       9.BSB-CGH

8.962 

       10.CUZ-LIM

8.444 

       11.CGH-POA

 8.308 

       12.GYE-UIO

7.890 

       13.CGH-CNF

7.765 

       14.BZE-DGA

7.763 

       15.SBH-SXM

7.551 

       16.BZE-PLJ

7.381 

       17.BAQ-BOG

7.200 

       18.MEX-TIJ

6.806 

       19.LPB-VVI

6.617 

       20.GDL-TIJ

6.602 

*Número de voos jan-jun 23

Os dados comprovam o alcance do mercado doméstico brasileiro, que, de acordo com a ANAC, transportou em junho 7,2 milhões de passageiros, o maior resultado para o mês desde 2015.

O CEO da ALTA, José Ricardo Botelho explica que o Brasil se recuperou no tráfego doméstico, porém no segmento internacional segue abaixo de outros mercados da região.

“Apesar de o Brasil ser o país da LAC que se conecta com mais regiões, o México tem quase 3 vezes o número de rotas internacionais. Ou seja, existe ainda um grande potencial a ser explorado pelo nosso país”.

Em termos comparativos, as companhias aéreas do Brasil ligam 27 países em 6 regiões diferentes (América do Norte, América Latina, Europa, Oriente Médio, África e Ásia-Pacífico), e possuem 114 rotas internacionais e mais de 400 domésticas.

As cias colombianas conectam 27 países em 3 regiões diferentes (América Latina, América do Norte e Europa), com 109 rotas internacionais e 105 nacionais.

Já as empresas aéreas mexicanas se unem a 31 países em 4 regiões diferentes (América Latina, América do Norte, Europa e Ásia-Pacífico), além de 305 rotas internacionais e 216 domésticas.

Veja também:

 

Via: ALTA

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.