A American Airlines fechou 2018 com um lucro líquido de US$ 1,4 bilhão, um expressivo crescimento de 10,2% no valor em comparação com 2017. Já na receita a empresa registrou um aumento de 4,5%, no valor total de US$ 44,5 bilhões.

Esses números também apontam que a American Airlines teve uma receita semelhante aos principais concorrentes, como a Delta e a United, mas obteve um lucro menor no mesmo período, apontando problemas operacionais que a companhia precisa resolver para alinhar com a filosofia aplicada pela concorrência.

A American Airlines destacou um investimento de US$ 25 bilhões nos últimos 5 anos, e justificou isso como o motivo do lucro abaixo do esperado. A empresa diz que fez melhorias na frota, no produto e no treinamento dos seus funcionários neste período citado.

A companhia também destacou o lucro neste ano, que apresentou um ponto de ruptura com 2017, onde a companhia chegou a registra prejuízo líquido de US$ 583 milhões em um trimestre. Mesmo com a alta do petróleo a American Airlines apresentou resultados melhores em 2018, na comparação com o mesmo período do ano anterior.