O primeiro aeroporto executivo do país, construído pela iniciativa privada, recebeu nesta segunda-feira (2/12) autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para exploração comercial e abertura ao tráfego aéreo público.

Inscrita no cadastro da Agência como São Paulo Catarina Aeroporto Executivo, a nova infraestrutura está localizada em São Roque, no estado de São Paulo, e poderá receber voos privados e de táxi-aéreo.

A autorização está amparada pelo Decreto n° 7.871, de 21 de dezembro de 2012, que permite a delegação da exploração de aeródromos civis públicos por meio de autorização.

A autorização concedida pela ANAC tem validade de 10 anos e pode ser renovada. Também fica sob responsabilidade do operador aeroportuário a observância da legislação e regulamentação técnica aplicáveis aos aeródromos civis públicos e às operações de tráfego aéreo. Essa delegação não dispensa nem substitui a exigência de obtenção, pelo operador do aeroporto, de alvarás, licenças e autorizações necessárias à sua operação e construção, além daquelas exigidas pelas autoridades aeronáuticas. 

As características cadastrais do aeródromo estão disponíveis na Lista de Aeródromos Públicos Civis Cadastrados, no site da ANAC.