Na última sexta-feira (22/03) a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) autorizou as operações internacionais da Virgin Atlantic Airways Limited, logo depois que a companhia anunciava voos para Guarulhos.

De acordo com a publicação da ANAC no Diário Oficial da União (DOU), a Virgin está autorizada a “operar serviço de transporte aéreo internacional regular de passageiro, carga e mala postal”.

A companhia já está criando contatos para abrir uma representação no Brasil, que também vai responder pela divisão Virgin Holidays, uma empresa do mesmo grupo especializada em lazer, que vende pacotes turísticos.

A companhia anunciou na última semana uma conexão diária entre o Aeroporto de Heathrow, em Londres, e o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

O novo voo será operado por um Boeing 787 da companhia, com duração total de 11h55 (previsto). Os voos serão iniciados em 2020, em uma data que será anunciada posteriormente pela companhia.

O interior do 787 Dreamliner da companhia é equipado com três classes em formato de cinco serviços diferentes (Upper Class, Premium Economy, Economy Delight, Classic e Light). Ao todo são 264 assentos no 787-9 Dreamliner da companhia.