Antes de entrar em recuperação judicial, uma condição que garantiu a operação das rotas da companhia, a Avianca Brasil chegou a perder pelo menos três aviões da sua frota, de acordo com uma informação da Agência Reuters.

Duas dessas aeronaves são da BOC Aviation, do modelo Airbus A320neo, e estão estocadas em Brasília. Nesta quinta-feira (13/12) a equipe do Portal Aeroflap flagrou (foto acima) esses dois aviões no Aeroporto de Brasília com a matrícula alterada, no final da tarde uma equipe de quatro pessoas estavam inspecionando a aeronave.

Outra arrendadora, a Constitution Aircraft, apresentou uma moção na quarta-feira pedindo ao juiz encarregado do processo de recuperação judicial da Avianca Brasil que revertesse a decisão anteriormente tomada de suspender os esforços para retomada de posse de aeronaves,

No documento, a Constitution informa já ter recuperado um dos 11 aviões arrendados para a Avianca Brasil, uma aeronave do modelo A330-200 arrendada através da Aircastle, um braço da Constitution.

Pelo menos 10 outros aviões ainda estão sob disputa e um juiz determinou nesta quinta-feira que a Avianca Brasil pode mantê-los por 30 dias, caso as partes possam chegar a um acordo. Caso contrário, a Avianca Brasil perderá os aviões, pois o locador já possui uma ordem judicial favorável.

Uma fonte da Reuters disse que a Avianca deve aos arrendatários cerca de 100 milhões de dólares, além das dívidas a outros fornecedores, incluindo aeroportos, companhias de combustíveis e manutenção, que os registros judiciais apontam para 125 milhões de dólares.

Em nota, a Avianca Brasil culpou as empresas de leasing por sua resistência em “chegar a um acordo amigável” e disse que a decisão da justiça havia “liberado sua frota para conduzir voos planejados”.

 

Via – Reuters