• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Avião colombiano tem problema na decolagem e passa a pouquíssimos metros de construções

Foto: Reprodução

No último dia 03 de fevereiro um Boeing 737-200 da companhia aérea  colombiana Aerosucre, de matrícula HK-5192, quase colidiu com fios e casas após a decolagem cumprindo um voo de Puerto Carreno (Colômbia) para Bogotá (Colômbia).

A aeronave apresentou durante a corrida de decolagem um superaquecimento de um dos motores, perdendo cerca de 50% do empuxo disponível. Mesmo assim os pilotos decidiram seguir com a decolagem.

Como resultado, a aeronave passou com uma altura baixa por construções, árvores e fiação elétrica, localizadas cerca de 250 metros após final da pista de pouso e decolagens do Aeroporto de Puerto Carreno.

O avião fabricado em 1984 sofreu alguns poucos danos na parte externa, ao colidir com copas das árvores, e retornou para um pouso seguro no mesmo aeroporto de partida minutos depois.

A Aerosucre realiza operações de carga com este Boeing 737-200, e no momento do incidente somente três tripulantes estavam a bordo da aeronave.

Veja uma gravação do momento do incidente no vídeo abaixo:

 

Via: The Aviation Herald

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.