Caças russos SU-27B- Foto: RAF

Segundo um porta-voz do Ministério da Defesa da Coréia do Sul, caças russos invadiram a zona de controle aéreo da Coréia do Sul, nesta terça-feira dia 22/10. Ainda de acordo com o porta voz, que deu uma coletiva à a agência TASS, eram seis aeronaves, dentre elas três caças SU-27.

O ocorrido foi por volta das 09:23 hora local e primeiramente aconteceu no Mar do Japão e depois as aeronaves sugiram para a zona de controle e ainda de acordo com o porta-voz os aviões ficaram violando a zona de controle sul-coreana pelas próximas seis horas.

Caças F-15K sul-coreanos- Foto: Autor Desconhecido

Por estarem adentrando a zona sul-coreana, a Força Aérea da Coréia do Sul enviou caças F-15K para interceptarem as aeronaves que eram os SU-27 que faziam a proteção de um Beriev A-50 e dois bombardeiros Tupolev Tu-95.

Essa zona de identificação de defesa aérea da Coréia do Sul abrange o espaço aéreo do país, mas também cobre um segmento do espaço aéreo internacional e geralmente o controle de Seul pede para que as aeronaves que voam na região se identifiquem o quantos antes.

TU-95MS- Foto Beriev

Sobre o acontecido o Ministério da Defesa da Rússia disse que sempre realiza voos de acordo com as regras internacionais.

Neste ano já houveram outras interceptações envolvendo aeronaves russas, uma delas foi caças F-18 da Finlândia que interceptam aeronaves russas e outra caças da RAF que também interceptaram aeronaves da Rússia.

Interceptação de um Typhoon a um Antonov AN-26 – Foto: RAF

Fonte de apoio: TASS / Edição: Aeroflap

DEIXE UMA RESPOSTA