Aeronaves Azorra Aviation Embraer
Imagem: Azorra

A empresa de leasing de aeronaves Azorra Aviation dos EUA, anunciou na última segunda-feira (05), a aquisição de 37 novas aeronaves regionais para compor o seu catálogo.

A aquisição desses aviões foram através de um grupo de credores que tinha como liderança o Banco BNP Paribas. O negócio foi fechado entre a Azorra e a Nordic Aviation Capital (NAC) pelos 37 aviões regionais.

Entre os aviões adquiridos da Nordic estão 29 jatos da Embraer, nos quais estão arrendados para grandes empresas como a Azul, Air France, Aerolíneas Argentinas e AeroMéxico e outras empresas.

Além dos jatos brasileiros, também foram inclusos sete turboélices da ATR e um De Havilland Q400. O CEO da Azorra, John Evans, disse ressaltou a importância de aumentar o portfólio da empresa em meio ao crescimento e diversificação de clientes.

“Essas aeronaves são ideais para a dinâmica de mercado atual e são alugadas para companhias aéreas conhecidas em todo o mundo. A equipe de gerenciamento da Azorra tem uma longa e bem-sucedida história com o BNP Paribas e originou a maioria desses arrendamentos antes da venda da Jetscape à NAC.” Disse o CEO.

“Reconhecemos na Azorra uma forte plataforma de leasing no mercado regional de aeronaves e um parceiro de confiança que esteve ao nosso lado enquanto navegamos com nossos parceiros credores em um ambiente e processo complexos. Este portfólio de 37 aeronaves está em boas mãos e estamos satisfeitos por contribuir para ampliar os negócios da Azorra.” Disse Bertrand Dehouck do Banco BNP Paribas.

 A Azorra Aviation possui bases operacionais e escritórios nos EUA e também na Irlanda que administra aeronaves que estão alugadas para 18 companhias aéreas em 15 países. 

No começo desse ano, a empresa de leasing anunciou um acordo com a fabricante brasileira Embraer para a aquisição de 20 aviões combinados do E190-E2 e também do E195-E2.

Ainda há o acordo para direitos de compra de outros 30 aviões também da família de jatos Embraer E2, todo o pedido está avaliado em US$ 3,9 bilhões. As entregas dessas novas aeronaves deverão começar no próximo ano.

Imagem: Azorra

A Azorra também está investindo em aeronaves europeias, como o Airbus A220 que a empresa adquiriu 22 exemplares no começo do ano. Cerca de 20 dessas aeronaves são da versão A220-300, o restante da variante -100. Além disso adquiriu também a versão executiva do avião com dois exemplares.

O mercado está propenso para a Azorra Aviation avançar a capitalizar clientes, isso em decorrência do pedido de recuperação judicial da Nordic Aviation. Na semana passada, a NAC entrou com o pedido com base no Capítulo 11 dos EUA. 

 

 

Com informações do Simple Flying.