Foto: Azul/Divulgação.

Após o desembarque das vacinas da Oxford/Astrazeneca ontem (22) a tarde em Guarulhos, um Airbus A330-900neo matrícula PR-ANY da Azul Linhas Aéreas transportou os dois milhões de doses para o Aeroporto do Galeão.

Agora, os imunizantes deverão ser distribuídos pelo Governo através da Força Aérea Brasileira (FAB). Também foi liberada a distribuição do segundo lote da Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantã com a Sinovac da China. Os transportes deverão ser realizados, novamente, pela FAB e por companhias aéreas.

Foto: Azul/Divulgação.

A aeronave pousou no Rio de Janeiro às 22:10. As vacinas foram trazidas da Índia em voo da Emirates. Originalmente, a própria Azul faria o transporte dos imunizantes para o Brasil, todavia, empasses entre os governos não permitiram a entrega das doses. 

Foto: Azul/Divulgação.

Além das vacinas de Oxford, a companhia também realizou, junto com a FAB, a distribuição do primeiro lote das vacinas Coronavac, cujo uso emergencial foi aprovado no dia 17 de janeiro.