Depois de um imbróglio para conseguir novos slots em Congonhas, após a paralisação da Avianca Brasil, a Azul finalmente conseguiu estrear nesta quinta-feira (29/08) voos na tradicional Ponte Aérea entre o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e o Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

Os novos slots foram concedidos pela ANAC no início deste mês, e o pedido da Azul de operar voos na ponte aérea foi aprovado de imediato, apesar das obras na pista principal do Aeroporto Santos Dumont.

Rapidamente a Azul contratou 60 novos funcionários no Rio e em São Paulo para atender aos voos da Azul na ponte aérea, 28 contratados vieram da Avianca Brasil.

“O aeroporto de Congonhas é o principal terminal doméstico do país e a Ponte Aérea é o quarto maior mercado do mundo. Para a Azul é muito importante oferecer pata vocês mais uma opção nessa rota, ampliar a concorrência só traz benefício para os consumidores. A presença de mais uma empresa aqui ajudará a baixar o preço das tarifas e fará com que todas as empresas ofereçam um serviço cada vez melhor”, disse John Rodgerson, presidente da Azul.

O primeiro voo partindo da capital paulista decolou às 07h30, cumprindo um pouso na pista auxiliar do Aeroporto Santos Dumont às 08h25. Antes, a Azul realizou uma coletiva de imprensa com jornalistas, que incluiu a presença do presidente da companhia aérea, John Rodgerson, que também falou aos passageiros do voo.

“Pessoal, chegamos. Viva a concorrência. O aeroporto de Congonhas é o principal terminal doméstico do país e a Ponte Aérea é o quarto maior mercado do mundo e a Azul vai entrar forte neste mercado, oferecendo mais uma opção nessa rota. Ampliar a concorrência só traz benefícios para os consumidores. A presença de mais empresas aqui ajudará a baixar os preços das tarifas e aumentar a qualidade do serviço de todas as empresas. Estamos felizes em poder voar na ponte após onze anos de operação no Brasil”, vibrou John.

John Rodgerson também conversou com passageiros durante o voo, e serviu bebidas, agilizando o serviço de bordo.


Ao todo, serão 34 operações diárias entre os aeroportos. Os bilhetes já estão disponíveis em todos os canais de venda da companhia, em alguns dias, com preço promocional.

John Rodgerson

“E como somos a única empresa com aviões homologados para pousar no Santos Dumont durante o período de obras, quero convidar vocês a experimentarem a Ponte Aérea da Azul. Tenho certeza que a simpatia de nossos funcionários vão encantar vocês e a qualidade e conforto de nossos aviões vão fazer com que você queira voar só na Azul”, completa Rodgerson.

A operação será realizada inicialmente com aviões Embraer 195 e 190, com capacidade para 118 e 108 assentos, respectivamente, visto que a pista do Aeroporto Santos Dumont está em obras desde o último sábado (24/08).

Em coletiva de imprensa com jornalistas, John afirmou que a companhia planeja implementar nessa rota o novo E195-E2, após a aeronave ser certificada para operar no Santos Dumont, e ressaltou a versatilidade da frota como um diferencial de custos na Ponte Aérea. Além disso, a Azul planeja colocar Internet Wi-Fi nas suas aeronaves a partir de novembro deste ano, que vai funcionar em conjunto com os canais de TV a cabo da Sky.

 

Operações com o Airbus A320neo

A Azul também planeja expandir sua oferta após as obras no Santos Dumont, colocando a aeronave Airbus A320neo, que tem capacidade para até 174 passageiros, na rota.

Para operar com o A320neo na Ponte Aérea, a aeronave deve ser equipada com um pacote chamado de SHARP.

O pacote SHARP oferece modificações no controle de software de voo, que foi alterado para entender as atualizações físicas, que abrangem os freios e as superfícies aerodinâmicas móveis.

Foto – Cliper 31/Via Flickr

A Airbus também modificou um painel na raiz da asa feito de material composto com Kevlar, para um de Fairing Fillet Fairing, resultando em menor arrasto e melhor desempenho de pouso.

Para aumentar o desempenho durante a decolagem a Airbus instalou geradores de vórtices na cauda da aeronave, que energizam a camada limite e diminuem a turbulência do ar, que resulta em arrasto.

O Airbus A320neo com o pacote SHARP (que é análogo ao SFP 2.0 do 737 NG), pode operar com baixa restrição na ponte aérea, decolando do Santos Dumont com 174 passageiros, no caso da Azul.

Vale ressaltar que a pista principal (02R/20L) do Aeroporto Santos Dumont tem apenas 1320 metros de comprimento, é a menor do Brasil na categoria.

 

Confira abaixo os detalhes das operações da Azul na ponte aérea:

São Paulo (Congonhas)-Rio de Janeiro (Santos Dumont)

*A partir de 29 de agosto*

Origem

Saída

Destino

Chegada

Frequência

São Paulo (Congonhas)

6h15

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

7h25

Diário

São Paulo (Congonhas)

7h30

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

8h40

Diário

São Paulo (Congonhas)

8h15

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

9h25

Diário

São Paulo (Congonhas)

9h00

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

10h10

Diário

São Paulo (Congonhas)

10h00

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

11h10

Diário

São Paulo (Congonhas)

11h25

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

12h35

Diário

São Paulo (Congonhas)

12h10

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

13h20

Diário

São Paulo (Congonhas)

12h15

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

13h20

Segunda a sábado

São Paulo (Congonhas)

14h25

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

15h35

Diário

São Paulo (Congonhas)

15h55

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

17h05

Diário

São Paulo (Congonhas)

17h15

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

18h25

Sextas-feiras

São Paulo (Congonhas)

17h30

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

18h40

Diário

São Paulo (Congonhas)

18h10

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

19h20

Diário

São Paulo (Congonhas)

19h00

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

20h10

Diário

São Paulo (Congonhas)

20h00

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

21h10

Diário

São Paulo (Congonhas)

20h30

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

21h40

Diário

São Paulo (Congonhas)

21h15

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

22h25

Diário

 

Rio de Janeiro (Santos Dumont)-São Paulo (Congonhas)

*A partir de 29 de agosto*

Origem

Saída

Destino

Chegada

Frequência

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

6h15

São Paulo (Congonhas)

7h25

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

7h00

São Paulo (Congonhas)

8h10

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

7h50

São Paulo (Congonhas)

9h00

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

8h15

São Paulo (Congonhas)

9h25

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

9h45

São Paulo (Congonhas)

10h55

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

10h20

São Paulo (Congonhas)

11h30

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

12h40

São Paulo (Congonhas)

13h50

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

13h55

São Paulo (Congonhas)

15h00

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

14h10

São Paulo (Congonhas)

15h20

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

14h55

São Paulo (Congonhas)

16h05

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

16h15

São Paulo (Congonhas)

17h25

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

16h50

São Paulo (Congonhas)

18h00

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

17h45

São Paulo (Congonhas)

18h55

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

18h35

São Paulo (Congonhas)

19h45

Diário

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

19h00

São Paulo (Congonhas)

20h10

Sábados

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

19h30

São Paulo (Congonhas)

20h40

Sábados

Rio de Janeiro (Santos Dumont)

21h15

São Paulo (Congonhas)

22h25

Diário

 

Nota do editor: A equipe do Portal Aeroflap agradece a Azul e todo o time de funcionários pelo o convite para cobrir o evento, e participar do voo.

 

Matéria produzida por Pedro Viana, André Magalhães e Matheus Felipe.