Primeiro AH-1Z do Bahrein nas instalações da Bell Textron.

A Bell Textron Inc. celebrou a conclusão da fabricação do primeiro helicóptero de ataque AH-1Z Viper para o Reino do Bahrain em 30 de setembro. Bell entregou a primeira de 12 aeronaves de produção ao Comando de Sistemas Aéreos Navais como parte do contrato de vendas militares estrangeiras (FMS) firmado em 2019.

As vendas militares estrangeiras do AH-1Z trazem as capacidades avançadas e dedicadas da aeronave diretamente para os operadores internacionais e ajudam a aumentar a interoperabilidade e amplificar a eficácia das forças aliadas. O helicóptero será preparado para embarque com a Defense Contract Management Agency (DCMA) antes de ser transportado para o Bahrein em 2022.

“Esta é uma conquista extraordinária do Programa H-1 e traz a Força Aérea Real do Bahrein um passo mais perto de colocar em campo as capacidades avançadas do AH-1Z”, disse Mike Deslatte, vice-presidente e diretor do programa do Bell H-1. “Os homens e mulheres da Team Viper, um grupo de fornecedores de primeira linha, fizeram um trabalho excepcional de entrega ao governo dos EUA, dentro do prazo e do contrato.”

AH-1Z do USMC.

Bell projetou o AH-1Z Viper especificamente para atender aos rigorosos requisitos operacionais do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, que se concentra na marinização total e em uma pegada logística reduzida. A aeronave possui um glass cockpit totalmente integrado e a capacidade de transportar uma grande variedade de munições. O modelo também foi exportado para a República Tcheca, que adquiriu quatro helicópteros. 

A venda para o Reino do Bahrein foi aprovada em abril de 2018. Avaliado em US$ 911.4 milhões, o contrato prevê o fornecimento de 12 helicópteros, dois motores T-700 GE 401C sobressalentes, mísseis AGM-114 Hellfire, foguetes guiados APKWS, sistemas de navegação, comunicação e outros. 

“O Viper proporcionará benefícios significativos às Forças de Defesa do Bahrein à medida que modernizam sua frota de helicópteros de ataque”, disse Deslatte. “Ter uma plataforma comprovada de última geração ajudará a contribuir para a segurança do Bahrein enquanto melhora a interoperabilidade com as forças dos EUA.”

 

DEIXE UMA RESPOSTA