Boeing 737 MAX realiza voo para Vancouver antes de iniciar testes da EASA

Boeing 737 MAX

Ontem (08) o Boeing 737 MAX realizou um voo para Vancouver no Canadá antes de começar a série de testes sob regulamentação da Agência Europeia de Segurança da Aviação (EASA). O voo para o Canadá acontece após alguns voos de teste entre a Boeing, a FAA e a Transport Canada.

Foi utilizado um Boeing 737 MAX 7 para os voos de teste e o mesmo está em Vancouver aguardando a EASA para realizar seus testes. Ainda nesta semana, o órgão europeu deverá iniciar sua série de testes para verificar as modificações e atualizações feitas pela Boeing no modelo.

O 7201S realizou voos no dia 8 de setembro de Seattle até Vancouver, retornou no mesmo dia e depois seguiu em voos curtos para Moses Laker. Na manhã de hoje foi registrado mais voos do 737 para Vancouver e Seattle, esses são testes feitos pela própria fabricante antes de ser disponibilizado para a EASA.

“Embora a Boeing ainda tenha algumas ações finais para encerrar, a EASA avalia que a maturidade geral do processo de redesenho agora é suficiente para prosseguir com os testes de voo. Estes são pré-requisitos para a agência europeia aprovar o novo design da aeronave”, disse a EASA.

 

DEIXE UMA RESPOSTA