A Boeing e a DHL anunciaram hoje (16/07) no Farnborough Airshow um pedido da companhia aérea cargueira para 14 aviões Boeing 777F, versão cargueira do 777, com direitos de compra para mais sete aviões.

O contrato entre as duas empresas é avaliado em US$ 4,7 bilhões, de acordo com a tabela atual de preços da Boeing, sem contabilizar os descontos.

A Boeing destacou que a DHL é uma cliente pioneira com o 777F, e consta na lista das primeiras companhias que operou com a aeronave lá em 2009, quando o modelo entrou no mercado.

Com essas encomendas adicionais, a DHL vai dobrar o tamanho atual da frota de aviões 777F, permitindo aumentar substancialmente a capacidade de transporte de cargas, além de substituir no futuro aviões com maior tempo de uso.

De acordo com a Boeing, no ano passado o mercado global de carga aérea cresceu 9%, mais do que o dobro da taxa de crescimento projetada anteriormente, de cerca de 4,2%.

Em janeiro de 2018, o crescimento acima da tendência continuou com um aumento de 8% na demanda.

O 777 Freighter é baseado no avião de passageiros 777-200LR e pode voar por 9070 quilômetros com uma carga de 112 toneladas.