BBJ MAX-Foto/Divulgação-Boeing

A Boeing Business Jets (BBJ) entregou o primeiro avião BBJ MAX a um cliente, anunciou hoje a empresa na Conferência e Exposição Nacional de Aviação Executiva (NBAA-BACE). A aeronave está programada para voar para um centro de acabamento interior.

“Estamos entusiasmados por começar a oferecer uma versão mais ampla e mais capaz do jatinho comercial mais popular do mundo”, disse Greg Laxton , diretor da Boeing Business Jets. “Houve um grande interesse do mercado e uma antecipação para o BBJ MAX e nossos valiosos clientes em breve poderão ver o novo padrão em viagens de negócios”.

Clientes de todo o mundo fizeram pedidos para 20 aviões BBJ MAX. Mais recentemente, a Seacons Trading Ltd anunciou em julho a compra do BBJ MAX 7 no Farnborough International Airshow 2018.

Para comemorar a primeira entrega, a Boeing Business Jets revelou um novo conceito de interiores pela premiada firma de design de aviação SkyStyle. O conceito, chamado Genesis pelos co-fundadores da SkyStyle, Max Pardo e Lucas Colombo , representa a estreia da empresa no projeto BBJ MAX.

Interior do BBJ MAX-Foto/Arte- Boeing

“Do ponto de vista de um designer de aviação, o BBJ MAX é incrivelmente atraente porque há muito mais espaço interior para realizar a visão de uma pessoa”, disse Max Pardo“E como o MAX voa em distâncias muito longas, os proprietários procuram um lounge confortável, área de conferências multifuncional e uma grande suíte master para garantir a melhor experiência de voo.”

O conceito do BBJ MAX Genesis inspira-se na tranquilidade da natureza, suas volumosas nuvens pairando sobre uma praia de areia branca, colinas suaves e um céu noturno estrelado.

“O interior do BBJ MAX sempre foi um ponto de partida das cabines apertadas dos jatos executivos menores, e o design do Genesis é mais um exemplo de nossa exclusiva capacidade de cabine”, disse Laxton.

A família BBJ MAX – baseada no avião 737 MAX, oferece aos clientes de jatos executivos a melhor combinação de espaço, conforto e alcance. Com mais de três vezes a área da cabine que a maioria dos jatos executivos concorrentes, interiores sob medida para combinar com qualquer preferência e menor altitude de cabine, o jato é capaz de voar 7.000 milhas náuticas (12964 km) na versão 737 MAX 8 BBJ.