A Boeing pode iniciar a próxima semana com uma grande novidade, a apresentação do novíssimo 777-9X, que está agendado para o dia 13 de março.

A empresa prometeu que transmitirá esse grande momento ao vivo, através do seu site e das redes sociais. O link para assistir será divulgado posteriormente.

A aeronave já saiu da estação de pintura e está no momento realizando testes em solo, nos seus sistemas.

Ao todo a fuselagem do novo 777-9X tem aproximadamente 77 metros de comprimento, é o jato de passageiros mais longo já produzido pela Boeing. O jato também tem um sistema inovador de dobra das pontas das asas, que permite uma maior versatilidade na operação.

A Boeing disse que o avião proporciona um consumo de combustível 12% menor e custos operacionais 10% menores do que os aviões concorrentes.

O primeiro voo do Boeing 777X pode ocorrer ainda em março e vai abrir o período de certificação da aeronave, que será finalizado em 2020. Ao todo a Boeing planeja usar 3 aviões na frota de testes.

 

Boeing 777X

O Boeing 777X conta com duas opções de aeronaves, a 777-8X é capaz de receber 350 assentos em configuração padrão de duas classes, seu alcance é de até 15000 km. Já o 777-9X, a maior variante da família T7 até hoje, será capaz de receber 450 passageiros em uma configuração de duas classes, com autonomia para 13200 km de voo.

O novo avião inclui a combinação de “muitas heranças do 777 e do 787”, disse Beezhold. “Fizemos a fuselagem mais larga do que a do -300ER, para assentos mais confortáveis e fileiras com até 10 assentos.”

O novo 777X exigirá menos impulso do que o -300ER porque terá uma asa mais eficiente. E essa asa é bastante longa a envergadura do 777X chegará a 71,8 metros. Por ser mais amplo do que os gates padrões dos aeroporto, o avião terá uma asa dobrável para reduzir a extensão para 64,7 metros quando em solo.

O 777X é equipado com dois motores GE GE9X, que pertencem à nova geração.

O 777-8X concorre diretamente com o Airbus A350-1000, enquanto o 777-9X está sozinho em sua classe de aeronave, e irá atingir uma necessidade por maior economia mas sem perder a capacidade de transporte. 

Até esta data, o 777X acumulou mais de 340 pedidos fixos e compromissos de seis clientes no mundo inteiro. A primeira entrega está programada para 2020.

Com quase 6 metros de largura internamente, o novo 777X será capaz de receber uma configuração com até 11 assentos por fileira na Classe Econômica, geralmente na distribuição 3-5-3.

Vale destacar também a iluminação em led, que se adapta em intensidade e cores de acordo com o período do dia, o que permite uma melhor experiência de voo e conforto a bordo da aeronave.

No vídeo acima também podemos perceber que o interior pode ser personalizado pela companhia aérea, com opções do “bin” central, cores e assentos, além das clássicas divisórias entre classes.