Boeing P-8A US Navy

A Marinha dos EUA concedeu à Boeing um contrato de produção de US$ 1,6 bilhão para mais 11 aeronaves P-8A Poseidon.

Nove aeronaves irão se juntar à frota da Marinha dos EUA, e duas irão para a Royal Australian Air Force (RAAF), um parceiro cooperativo no programa P-8A desde 2009.

Com este contrato, a Marinha dos EUA (US Navy) terá um total de 128 pedidos para o P-8A, sendo que a RAAF tem um total de 14 encomendas.

O Poseidon MRA1 (P-8A) da Boeing é uma aeronave de patrulha marítima multifuncional, equipada com sensores e sistemas de armas para guerra anti-submarina, bem como missões de vigilância e busca e resgate. O avião possui um radar APY-10 para mapeamento de alta resolução, um sistema de sensor acústico, uma torre eletro-óptica / IR e medidas de suporte eletrônico (ESM). 

Boeing P-8A Poseidon- Foto/Arte: BAE Systems

Estruturalmente a aeronave compartilha diversos componentes com o Boeing 737-800, porém com alterações específicas para uso do avião no serviço militar.

A aeronave também pode ser armada com um sistema que inclui 129 torpedos sonobuoy para atacar alvos subterrâneos. Além disso, o P-8A pode ser reabastecido em voo.

Ao todo há 108 aviões do modelo P-8A ativos neste momento, de acordo com a Boeing.