Bombardier recebe pedido para 10 jatos executivos Challenger 350

Bombardier Challenger 350
Foto - Bombardier

A Bombardier recebeu uma encomenda para 10 novos jatos executivos do modelo Challenger 350, um dos maiores pedidos do ano, para a fabricante que passa por algumas dificuldades atualmente.

O cliente do pedido de US$ 267 milhões não foi revelado pela Bombardier, no entanto, a fabricante comemorou a realização do pedido.

“Este pedido destaca o enorme valor que os clientes atribuem às capacidades incomparáveis ​​de nossas aeronaves”, disse o presidente-executivo da empresa, Eric Martel.

O Challenger 650 foi lançado em maio de 2013, o avião de dez lugares é a segunda versão do Challenger 300, que a Bombardier lançou em 1999, com diversas atualizações de projeto e motores mais econômicos.

O Challenger 350 é equipado com dois motores Honeywell HTF7350, com cerca de 7300 lbs de empuxo (cada). A aeronave tem um peso máximo de decolagem de 18.430kg, enquanto o alcance máximo com oito passageiros e dois tripulantes é de 5920km a uma velocidade de Mach 0,8.

De tecnologia o avião tem uma aviônica completa da Collins Aerospace, incluindo visores HUD com tecnologia EVS de visão, para maior consciência operacional e segurança.

Para levar um Challenger 350 o cliente precisa desembolsar cerca de US$ 27 milhões, mas o valor varia de acordo com os opcionais escolhidos no momento da compra.


Atualmente o Challenger 350 concorre diretamente com o Embraer Praetor 600 e o Citation Longitude, da Cessna.

 

DEIXE UMA RESPOSTA