A Bombardier agora está empenhada em certificar as operações do CS100 em um dos aeroporto mais conhecidos da Europa, o London City. A segunda aeronave de testes do programa CSeries, um CS100 de numeração FTV-2, foi encaminhado para o aeroporto desde Montreal e pousou ontem de noite no London City.

O Aeroporto London City é equivalente ao Aeroporto de Congonhas no Brasil, bastante movimentado, ele integra um tráfego internacional de passageiros em vem de toda a Europa. O aeroporto tem uma pista com cerca de 1500 metros e fica a poucos quilômetros do centro financeiro de Londres.

Assim como o Aeroporto Santos Dumont aqui no Brasil, as aeronaves comerciais também precisam de uma homologação para a aproximação e pouso no local, no Brasil, por exemplo, o Boeing 737-800 SFP é certificado para operar no Aeroporto Santos Dumont com passageiros.

Foto – Bombardier/Reprodução

A Bombardier esperava ter conseguido essa aprovação até o final de 2016, mas a validação foi adiada, agora a fabricante canadense espera concluir o processo em poucos dias e já habilitar a aeronave para voos desse tipo. A Swiss pretende operar com o CS100 no London City.

A Swiss já recebeu seis CS100 e tem encomendas para mais 4 aeronaves CS100 e 20 CS300.