Foto por - Nicolas Economou/via Getty Images

A British Airways tem planos para aposentar parte das suas aeronaves Boeing 777 assim que começar a receber aviões de nova geração, em meados de 2020.

Porém, no plano mais recente de frota da companhia, o Boeing 777 Classic, de primeira geração, deverá ficar além de 2030 na frota da companhia, através da versão 777-200ER.

Como forma de padronização, o primeiro passo é retirar os três aviões 777-200 (sem alcance estendido) em 2020, substituindo-os por três aviões 777-300ER.

E seguida, o Grupo IAG indica que a British Airways substituirá 35 dos seus aviões da família 777 durante o período de 2025 a 2029, com 23 desses sendo eliminados gradualmente ao longo de 2028 e 2029.

“Quando chegarmos ao final de 2029, teremos apenas oito aviões Boeing 777-200ER para substituir”, diz Gunning.

Atualmente a British Airways tem 46 aviões Boeing 777-200 na sua frota, sendo três do modelo 777-200 (sem alcance estendido) e 43 unidades da versão 777-200ER.

A British Airways vai substituir o 777-200ER por uma mistura de aviões Boeing 787, 777-9X e Airbus A350.


Os primeiros aviões 777-9X que chegarão na frota em 2022 vão apoiar a substituição de 14 aviões 747-400, que devem sair da frota até o início de 2024. No ano seguinte, os aviões entregues serão para substituir algumas unidades do 777-200ER.

A British Airways tem encomendas para 24 aviões Boeing 777-9X.