Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

O Chengdu J-20, caça stealth de 5ª geração da Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China (PLAAF) foi mostrado em vídeo voando sem as Lentes de Luneburg, refletores de radar que aumentam a assinatura da aeronave. 

Lentes Luneburg é como são chamados os pequenos refletores de radar instalados em aviões de quinta geração. Ao voarem com esses componentes, a assinatura de radar das aeronaves aumenta, a fim aumentar a visibilidade para o controle de tráfego e aéreo e, ainda mais importante, não revelar os verdadeiros valores da Seção Reta Radar (RCS) do caça. 

As imagens foram registradas durante o Festival de Qingming, onde os tripulantes de J-20 da PLAAF prestaram homenagens aos pilotos chineses que lutaram na Guerra da Coreia, informou a TV estatal chinesa CCTV no último domingo. 

A homenagem principal foi a Sun Shenglu, um piloto de MiG-15 chinês que voou no Wang Hai Air Group durante a guerra. A unidade hoje voa com os caças stealth. 

“Os pilotos da Força Aérea na nova era herdarão o espírito de ‘combate aéreo com baioneta’ (dogfight), treinarão para se preparar para o combate, estarão prontos para o combate em todos os momentos e salvaguardarão resolutamente a soberania e dignidade nacionais”, disse Sun Teng, piloto de J-20, à CCTV.

O j-20 nas imagens divulgadas pela CCTV no domingo. O caça não está carregando as Lentes Luneburg.
Um J-20 taxiando. A Lente Luneburg é o pequeno cilindro instalado na parte de baixo da fuselagem.

Nas imagens divulgadas é possível ver o caça executando manobras sem o dispositivo – normalmente instalado na barriga da aeronave logo atrás da baia de armas – mostrando algo próximo da configuração de combate do avião chinês.

O J-20 é produzido desde 2009 e está em serviço com a PLAAF desde 2017. Com 20 metros de comprimento e 13 metros de envergadura, a aeronave chinesa é a maior dentre os caças de Quinta Geração. O caça pode ser armado com mísseis de curto, médio e longo alcance e bombas guiadas. 

Via Global Times