Faleceu neste último sábado (29) o veterano de Segunda Guerra Camilo Cola, conhecido também pela sua atuação como fundador da Itapemirim, que agora está retornando ao transporte aéreo.

Em seus 97 anos de vida Camilo Cola traçou uma grande história no setor de transportes, após sair do Exército como Tenente. Na Segunda Guerra colaborou com a Força Expedicionária Brasileira, retornando vivo ao Brasil após uma intensa luta na Itália contra os nazistas.

Já de volta ao Brasil, fundou em 1953 a Viação Itapemirim, após migrar do mercado de cargas para o de passageiros.

A empresa é uma das mais antigas do setor rodoviário no país, e já tentou no seu auge, na década de 90, uma investida no mercado de cargas aéreas, mas se retirou do mesmo após alguns anos de operação. O grupo já foi o maior do setor rodoviário no Brasil.

Já com idade avançada investiu na política, sendo Deputado Federal por dois mandatos, de 2007 a 2015.

Ao avançar das últimas décadas, a administração da empresa estava sendo realizada pelos herdeiros, sendo que o controle do Grupo começou a ser repassado em 2016 para o atual presidente, Sidnei Piva de Jesus, que está dando continuação a uma segunda rodada de expansão da Itapemirim.

Em nota a Itapemirim disse:

A diretoria do Grupo Itapemirim, em nome de todos os seus colaboradores, lamenta o falecimento do comendador, ex-deputado federal e empresário sr. Camilo Cola, aos 97 anos, neste sábado, 29 de maio, em Cachoeiro do Itapemirim (ES).

Capixaba, visionário e empreendedor, o Sr. Camilo Cola foi fundador da Viação Itapemirim (1953) e de inúmeras iniciativas empresariais, que deixaram um legado de desenvolvimento ao Brasil, a ser lembrado e honrado por gerações.

Nossas mais sinceras condolências e pêsames à família e aos amigos pela perda do sr. Camilo Cola.