Bocais dos motores do MiG-29 danificados após a colisão. Imagem: autor desconhecido.

Um incidente inusitado deixou um MiG-29 seriamente danificado, na última quarta-feira (10), quando um capitão embriagado colidiu seu veículo pessoal, um Volkswagen Touran, na traseira do caça enquanto este era rebocado na Base Aérea de Vasylkiv, em Kiev, na Ucrânia. 

Após a colisão iniciou-se um incêndio, informou a Força Aérea Ucraniana, o que danificou ainda mais o caça de origem soviética. Imagens circulando na internet mostram os motores turbofan Klimov RD-33 bastante danificados. 

O MiG-29 Fulcrum “08 branco” (c/n 2960731239) da 40ª Brigada de Aviação Tática havia passado por revisão pesada em 2017. Fontes afirmam que o caça poderá ser retirado de serviço. 

Danos no MiG-29 “08 Branco”. Imagem: autor desconhecido.
MiG-29 “08 Branco” envolvido no acidente. Imagem: autor desconhecido.
O Volkswagen Touran do oficial, destruído após a colisão. Imagem: autor desconhecido.

O capitão, engenheiro militar, sofreu ferimentos na região do peito e da face. De acordo com Defense World, ele não foi preso e o incidente está sendo investigado pela Procuradoria Militar de Kiev, aponta o portal ucraniano Obozrevatel.

Ainda não se sabe como ele invadiu a área operacional da base. 

Desenvolvido na União Soviética durante os anos 60 pela fabricante Mikoyan-Gurevich, o MiG-29 esteve envolvido em diversos conflitos. A Força Aérea Ucraniana opera, aproximadamente, 24 caças MiG-29 dos quais oito são modelos de treinamento (bipostos).