Em poucos meses a Cebu Pacific, das Filipinas deve receber o primeiro Airbus A330-900neo da sua frota, e essa aeronave deve trazer uma grande novidade para essa linha de aeronaves, uma configuração de 460 assentos em Classe Única.

Essa configuração utilizada pela companhia é praticamente uma necessidade de frota, visto que os aeroportos que a companhia opera têm bastante demanda, porém há uma série limitação de slots utilizados, algo que limita a oferta disponível para cada companhia.

Enquanto por aqui enfrentamos o mesmo em Congonhas, lá já é possível utilizar aviões maiores para realizar essas rotas, e transportar 460 passageiros em somente um voo.

No Airbus A330-900neo isso é possível através de alterações nas portas de emergência, e também por assentos flat na Classe Econômica, que domina toda a aeronave. Os assentos devem ter de 29 a 30 polegadas de distância, e 17 polegadas de largura, em distribuição  3-3-3, normalmente, em aviões desse modelo que fazem voos de longa distância, a distribuição é 2-4-2, com 8 assentos por fileira.

O A330-300 da companhia, que tem o mesmo tamanho de fuselagem, é equipado com 436 assentos em classe única.

Ao todo são 16 aviões A330-900neo encomendados pela companhia, com entregas a partir de 2021. Entre as vantagens está o custo até 15% menor por passageiro transportado, o maior silêncio da aeronave e também a maior capacidade, que permite a companhia aumentar a oferta em uma mesma rota.