Um Cessna 207 roubado em Foz do Iguaçu (PR) no último domingo (17) deverá ser usado por uma quadrilha que atua no tráfico internacional de drogas, afirmou a Polícia Nacional do Paraguai. 

A aeronave de matrícula PT-DKW foi roubada no dia 17 por oito bandidos armados com fuzis que invadiram as instalações de uma empresa de paraquedismo. Os criminosos renderam o caseiro da propriedade e a família dele e ainda deixaram explosivos improvisados espalhados pela propriedade. Os artefatos foram desativados pelo esquadrão antibombas da Polícia Militar do Paraná. 

A Polícia Civil, que investiga o caso, afirmou inicialmente que o avião foi para o Paraguai, o que foi posteriormente confirmado pela polícia do país vizinho. As autoridades paraguaias disseram que a aeronave roubada pousou em uma fazenda, de onde seguiu para a Bolívia com outro Cessna 172, segundo informações do Paraná Portal. 

De acordo com o G1, o avião avaliado em R$ 1,5 milhão foi fabricado em 1969 e pertencia a uma empresa de aviação, com sede Boituva, no interior de São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA