LATAM Airlines
Foto - LATAM/Reprodução

O Chile aprovou uma Joint-Venture entre a LATAM, American Airlines e companhias do Grupo IAG, como a Iberia e a British Airways.

Essa joint-venture reforça o compromisso entre companhias chaves da Oneworld, aliança global que reúne diversas companhias aéreas.

Para manter a Joint-Venture a LATAM vai precisar manter a oferta atual nas rotas de Santiago para Miami e Madri, como forma de prevenir uma possível dominação da Iberia e American Airlines nessas rotas.

A joint venture da LATAM com a American Airlines cobrirá rotas para o Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai. A joint venture da IAG com a LATAM incluirá rotas para Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai.

A LATAM anunciou pela primeira vez planos de formar joint-ventures com a American e a IAG no início de 2016, mas as aprovações regulatórias demoraram mais que o esperado. A filial brasileira também planeja uma Joint-Venture com a American Airlines, mas essa ainda depende de leis específicas que estão sendo aprovadas na Câmara dos Deputados, boa parte dos entraves no Brasil estão se encaminhando para uma aprovação.

Mais aprovações para a parte chilena vão ocorrer em novembro deste ano, para a aprovar transferência de slots, voos e até aviões. Com a aprovação chilena em mãos, espera-se que a companhia aérea registre em breve imunidade antitruste junto ao Departamento de Transporte dos EUA para a joint venture proposta com a American.

 

Via – FlightGlobal

DEIXE UMA RESPOSTA