O quinto protótipo do programa C919 da Comac concluiu recentemente seu primeiro voo de teste.

A aeronave 105 – a quinta aeronave de teste C919 – decolou do Aeroporto Internacional de Shanghai Pudong na manhã de 24 de outubro. Realizou um voo de teste de uma hora e 37 minutos, durante o qual foram realizadas verificações operacionais.

A Comac disse que esta aeronave será submetida a testes principalmente em condições climáticas extremas: altas temperaturas de calor e frio. Também realizará voos de teste relacionados ao controle ambiental, drenagem e fornecimento de energia elétrica.

O voo de teste da aeronave 105 ocorre quase três meses desde que o 4º protótipo iniciou os voos de teste. É o penúltimo dos seis aviões de teste do programa.

A aeronave chinesa diz que os quatro primeiros protótipos realizaram voos de teste em vários pontos da China, como em Xian, Nanchang e na cidade de Dongying, na província de Shandong.

Em setembro, foi relatado que o cronograma de produção do C919 está enfrentando atrasos de cerca de um ano. Nesse mesmo mês, a Comac também iniciou a produção de componentes para o primeiro lote de aviões C919 que será entregue aos clientes.

Há pelo menos 305 pedidos firmes para o C919. A Comac também garantiu mais de 700 compromissos para as aeronaves.


 

Via – FlightGlobal