Como um Airbus A320 ficou preso debaixo de uma ponte na China

Um julgamento equivocado por um motorista de caminhão na China fez com que a fuselagem de um Airbus A320 ficasse presa embaixo de uma ponte.

O motorista conseguiu sair da situação, mas não antes dos vídeos deste incidente virarem viral nas mídias sociais.

Com certeza os motoristas ficaram se perguntando o que havia à frente, quando ficaram presos em um congestionamento atrás… de um Airbus?

Aparentemente, um motorista de caminhão atrapalhado julgou mal a altura de sua preciosa carga e tentou passar por baixo de uma ponte de curta altura (para o Airbus).

O incidente aconteceu no dia 13 de outubro no distrito de Daoli, na cidade de Harbin. Ficava a apenas 10 quilômetros do Aeroporto Internacional de Harbin Taiping, que pode ter sido para onde estava indo.

 

Resgatando a aeronave

Relatos de testemunhas oculares sugerem que o motorista parou perto da ponte de Jinhe, provavelmente para avaliar se havia espaço disponível. Se ele tinha a informação errada ou não, desconhecíamos, mas, enquanto avançava, um típico som de colisão foi ouvido por todos.


O Airbus estava bem preso. O motorista não pôde prosseguir nem recuar para liberar sua carga. Por 20 minutos, ele ponderou sobre sua situação, enquanto smartphones de espectadores filmaram e fotografaram todo o problema.

Ele conseguiu sair do lugar de uma maneira inusitada. Ele esvaziou um pouco os pneus do seu caminhão, conseguindo diminuir a altura total e passar pela ponte.

Aparentemente, a ponte e a fuselagem ainda estão sendo inspecionadas quanto a danos.

 

Pelo menos não era novo

Se essa fosse uma fuselagem totalmente nova a caminho da linha de montagem final da Airbus, em Tianjin, o motorista teria algumas perguntas muito difíceis de responder.

No entanto, o fato da fuselagem estar com pintura e a uma distância muito longe de Tianjin, sugere que ela estava realmente a caminho de ser destruída de qualquer maneira.

Apesar da falta de um nome, a decoração é quase certamente da China Southern

Embora o nome da companhia aérea tenha sido removido, as listras parecem muito com a decoração da China Southern. Qualquer que seja a companhia aérea, não parece que ela foi destinada a ser usada novamente. Certamente não será agora!

Claramente, esse motorista precisa de um melhor software de planejamento de rota.

 

DEIXE UMA RESPOSTA