Companhia aérea da Palestina coloca seus Fokkers 50 a venda

Foto: Palestinian Airlines

A companhia aérea de Israel, Palestinian Airlines, colocou a venda seus dois Fokkers 50, para conseguir uma liquidez melhor de caixa. A empresa foi fundada em 1997 com o transporte de peregrinos para Jeddah. 

Algum tempo depois, estabeleceu seu hub no Aeroporto de Gaza que teve sua inauguração posteriormente. Mas as pistas do Aeroporto foram destruídas pelos militares israelenses o que forçou a empresa a mudar sua base para o Aeroporto El-Arish no Egito.

A companhia aérea tem planos há bastante tempo para expandir suas operações e deixar de ser uma empresa regional. Os Fokkers 50 que estão a venda, recentemente estavam  alugados para a Niger Airlines.

O gerente de engenharia da companhia, Jamal Alamshharawi, disse que a empresa “não está fechando”, mas sim suspendendo a operação de seus Fokkers 50 devido ao término do contrato de aluguel com a Niger Airlines. A pandemia do Covid-19 cooperou para a não renovação do aluguel e venda dos aviões.

Jamal diz que os turboélices estão à venda, mas a empresa planeja continuar oferecendo transporte de peregrinação durante as temporadas de Hajj e Umrah com aeronaves alugadas. Os dois Fokkers 50, um foi fabricado em 1988 e outro de 1989, são configurados com 48 assentos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA