Devido aos efeitos do Furacão Florence, as companhias aéreas dos Estados Unidos já estão reajustando a sua malha de voos, para comportar os cancelamentos e voos extras.

 

United

A United Airlines anunciou que vai permitir a remarcação gratuita de passagem para aqueles clientes que iam viajar entre 10 de setembro a 16 de setembro de 2018, para as cidades listadas abaixo:

  • Asheville, Carolina do Norte (AVL)
  • Charleston, Carolina do Sul (CHS)
  • Charlotte, Carolina do Norte (CLT)
  • Charlottesville, Virgínia (CHO)
  • Columbia, Carolina do Sul (CAE)
  • Fayetteville, Carolina do Norte (FAY)
  • Greenville / Spartanburg, SC (GSP)
  • Greensboro, Carolina do Norte (GSO)
  • Myrtle Beach, Carolina do Sul (MYR)
  • Norfolk, Virgínia (ORF)
  • Raleigh / Durham, Carolina do Norte (RDU)
  • Richmond, Virgínia (RIC)
  • Roanoke, Virgínia (ROA)
  • Savannah, Geórgia (SAV)
  • Aeroporto de Shenandoah Valley, Virgínia (SHD)
  • Wilmington, Carolina do Norte (ILM)

Os clientes devem entrar em contato com a companhia até o dia 20 de setembro, para fazer a remarcação de datas. Logicamente alguns voos para essas cidades já estão sendo cancelados, de acordo com a United, para permitir que seus funcionários de solo busquem um abrigo seguro, longe do furacão.

Para aqueles voos que ainda não foram cancelados, a United está comercializando tarifas fora do padrão de “passagem de última hora”, para permitir a rápida evasão dos moradores.

A United disseque continua a monitorar a direção da tempestade e vai atualizar as informações conforme necessário.

 

American Airlines

A American Airlines também está seguindo os passos da United, e permitindo que os passageiros remarquem suas passagens, e baixando o preços das compradas de última hora.

Veja abaixo a lista de aeroportos afetados por cancelamentos de voos:

Aeroportos da Geórgia

  • Augusta, Geórgia (AGS)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Savannah, Geórgia (SAV)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento

Aeroportos em Carolina do Norte

  • Asheville, Carolina do Norte (AVL)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Charlotte, Carolina do Norte (CLT)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Fayetteville, Carolina do Norte (FAY)
    • Operações canceladas começando esta noite até 15 de setembro
  • Greensboro / High Point, Carolina do Norte (GSO)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Greenville, Carolina do Norte (PGV)
    • Operações canceladas até 15 de setembro
  • Jacksonville, Carolina do Norte (OAJ)
    • Operações canceladas até 15 de setembro
  • Nova Berna, Carolina do Norte (EWN)
    • Operações canceladas até 15 de setembro
  • Raleigh / Durham, Carolina do Norte (RDU)
    • Cancelamentos dispersos são esperados até 14 de setembro.
  • Wilmington, Carolina do Norte (ILM)
    • Operações canceladas começando esta noite até 15 de setembro

Aeroportos da Carolina do Sul

  • Charleston, Carolina do Sul (CHS)
    • Operações canceladas começando esta noite até 14 de setembro.
  • Columbia, Carolina do Sul (CAE)
    • Operações canceladas a partir da noite de 13 de setembro a 15 de setembro
  • Florença, Carolina do Sul (FLO)
    • Operações canceladas começando esta noite até 15 de setembro
  • Greenville / Spartanburg, Carolina do Sul (GSP)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Hilton Head, Carolina do Sul (HHH)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Myrtle Beach, Carolina do Sul (MYR)
    • Operações canceladas começando esta noite até 15 de setembro

Aeroportos de Virgínia

  • Charlottesville, Virgínia (CHO)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Hampton / Newport News, Virgínia (PHF)
    • Operações canceladas a partir da noite de 13 de setembro a 14 de setembro
  • Lynchburg, Virgínia (LYH)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Norfolk, Virgínia (ORF)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Richmond, Virgínia (RIC)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento
  • Roanoke, Virgínia (ROA)
    • Nenhum impacto para as operações neste momento

A companhia ainda ressaltou que está em comunicação direta com a Cruz Vermelha Americana, que tem a capacidade única de ativar imediatamente e avaliar as necessidades críticas após o desastre. Dessa forma transportando pessoas doentes ou suprimentos para os estados afetados.

Cancelamento de voos da American Airlines previstos por dia:

  • 12 de setembro: 80 voos cancelados
  • 13 de setembro: 200 voos cancelados
  • 14 de setembro: 185 voos cancelados
  • 15 de setembro: 90 voos cancelados
  • 16 de setembro: 10 voos cancelados

A companhia ressaltou que os passageiros afetados devem procurar o setor de atendimento da empresa, para remarcar a data da passagem.

 

Delta

Já a Delta ressaltou que está oferecendo 1200 assentos extras por dia para os aeroportos de cidades que serão afetadas pelo furacão. A companhia também está disponibilizando passagens de última hora pelo máximo de $299 na Economy e até $ 799 na Business.

As cidades afetadas por cancelamentos estão na lista abaixo, a companhia prevê que terá cancelamentos entre os dias 11 a 17 de setembro. Só para esta quinta-feira, 85 voos já foram cancelados. Os clientes afetados podem remarcar a data da passagem através da central da companhia.

Os aeroportos de Charleston, Fayetteville, Carolina do Norte, Jacksonville, e Wilmington, anunciaram que fecharão na noite de quarta-feira após a chegada da maioria dos voos e permanecerão fechados até quinta-feira.

Voos para as seguintes cidades foram ou serão cancelados:

  • Charleston, SC (CHS)
  • Fayetteville, NC (FAY)
  • Greensboro, NC (GSO)
  • Jacksonville, NC (OAJ)
  • Norfolk, VA (ORF)
  • New Bern, NC (EWN)
  • Myrtle Beach, SC (MYR)
  • Newport News, VA (PHF)
  • Raleigh-Durham, NC (RDU)
  • Richmond, VA (RIC)
  • Savana, GA (SAV)
  • Wilmington, NC (ILM)
  • Asheville (AVL)
  • Augusta (AGS)
  • Greenville (GSP)

A companhia aérea permanece em constante contato com os funcionários e líderes das companhias aéreas locais para atender às necessidades de clientes e funcionários, após a passagem do furacão.

A Delta já enviou suprimentos essenciais, como água, telefones via satélite para uso em caso de interrupção de redes celulares e outros dispositivos, para ajudar os funcionários a operarem as funções de bilheteria e portão de embarque depois do furacão, em caso de falta de energia.

Um funcionário de atendimento ao cliente da Go Team está pronto para viajar para os aeroportos mais afetados, se necessário, para fornecer assistência de reiniciar as operações de voo assim que os aeroportos forem reabertos.