Já pensou em colocar moedinhas em seu carregador de celular?

Pelo menos é isso que está acontecendo com a Scoot Airlines, uma subsidiária de baixo custo da Singapore Airlines, que está cobrando 8 dólares dos seus clientes da Classe Econômica para liberar a tomada a bordo.

Outras companhias, no mesmo ritmo, disponibilizam somente para assentos Premium Economy, onde o cliente precisa pagar uma taxa extra para o assento mais espaçoso ou com melhor serviço.

A empresa de eletrônicos alemã KID-Systeme agora está oferecendo às companhias aéreas um complemento para o seu popular carregador de assento Skypower, chamado MoneyPower.

O MoneyPower é um dispositivo de três centímetros de comprimento que se parece com um dongle de laptop antigo que se encaixa entre o divisor de cabo e a fonte de alimentação do assento.

Ao instalar o dispositivo MoneyPower, as companhias aéreas agora podem ativar ou desativar a fonte de alimentação por controle remoto, como por exemplo, pelo serviço de wi-fi, onde o passageiro realiza o pagamento do serviço a qual deseja, seja internet a bordo ou a energia para recarregar seu dispositivo móvel.

 

Assistindo anúncios que pagam o serviço

A principal concorrente da KID no mercado de assentos, a IFPL , sediada no Reino Unido , adotou uma abordagem diferente quando se trata de como as companhias aéreas podem cobrar pelo uso de assentos.

Ao falar com o diretor de desenvolvimento de negócios da IFPL para a América do Norte da Runway Girl Network, Mark Reed explicou como o sistema funcionava, dizendo: “O conceito original era cobrar a cobrar, mas com as companhias aéreas tendo que introduzir um método de pagamento adicional, também vimos as diferentes cenários já disponíveis. Com o software livre, muitas vezes você tem um anúncio para assistir por 5 a 10 segundos. O YouTube faz isso há anos, então as pessoas geralmente estão familiarizadas com isso.”

O modelo que a IFPL está propondo funciona como um aplicativo no seu telefone e pode até ser incorporado ao aplicativo da companhia aérea.

“Quando o telefone está conectado, iniciamos automaticamente; assim que o telefone detecta nossa tomada, ele inicia automaticamente a tela. Você clica em “assistir anúncio”, a tela inicial aparece… e depois há um guia de luz ao redor do próprio conector USB, que muda de cor para verde para indicar que você tem energia”, explica Reed.

O sistema da IFPL, no entanto, poderia ser atraente, pois permitiria à companhia aérea exibir vídeos promocionais aos passageiros enquanto eles carregagam seus telefones ou tablets.

DEIXE UMA RESPOSTA