Pousou ontem em Navegantes, Santa Catarina, o novo jato executivo da Havan, de propriedade de Luciano Hang.

O avião de matrícula PP-LHG foi produzido em uma unidade da Bombardier, em Montreal (Canadá), e se destaca por ser um dos jatos executivos mais avançados na sua categoria, capaz de levar até 17 passageiros a bordo, mais a tripulação.

Este jato pode ligar São Paulo à Nice, na França, sem escalas, com oito passageiros e quatro tripulantes a bordo. Pode percorrer 6000 milhas náuticas ou 11112 km com oito passageiros e velocidade de Mach 0,89.

A aeronave é equipada com o Bombardier WAVE – tecnologia de comunicação por satélite de ponta que oferece cobertura e velocidade de internet, as mais altas da aviação executiva.

Visando a importância do conforto para a tripulação, a Bombardier equipa as aeronaves Global com Global 6000 com a plataforma Vision Flight Deck, um pacote de equipamentos de série de níveis superiores de conforto e conveniência.

Um Bombardier Global 6000 como este de Luciano Hang custa US$ 62,310 milhões, ou cerca de R$ 248 milhões na cotação atual.

Conhecido como um cliente fiel da Bombardier, Luciano Hang também utiliza um jato Challenger 350, de matrícula PR-HNG, e um Learjet 45, de matrícula PR-HVN.