Copa Airlines começa a retirar aviões Embraer E190 da frota

Foto: Aeroprints.com

A Copa Airlines começou retirada de seus aviões Embraer E190 da frota.

Ao todo a companhia tem 14 aviões deste modelo, todos serão transferidos por pilotos da Copa Airlines para San José, na Costa Rica, onde serão entregues ao pessoal da Alliance Airlines que os levará para a Austrália.

A retomada das operações da Copa Airlines deverá ser realizada com aviões Boeing 737. Já a Alliance Airlines aproveitará os novos E190 para substituir alguns dos seus aviões Fokker 100.

A Alliance Airlines aproveitou a pandemia para comprar as 14 aeronaves por um valor abaixo do mercado. A empresa vai pagar apenas US$ 111 milhões por esses aviões.

Além das aeronaves, o acordo também engloba equipamentos, dispositivo para treinamentos e seis motores CF34. Está incluso também um simulador de voo completo para treinar e adequar suas tripulações de cabine e de voo para o novo avião.

Bolívar Domínguez, vice-presidente de operações aéreas da Copa Airlines, comentou que desde o início das operações, há 15 anos, a frota de aviões Embraer E190 realizou 28 mil voos que representaram 57 mil horas de voo, o que equivale a 41 viagens de ida e volta para a Lua.

 

DEIXE UMA RESPOSTA