Azul

As cidades do Rio de Janeiro (RJ) e de São Paulo (SP) se uniram a Medellín e Bogotá (Colômbia), Buenos Aires (Argentina), Cidade do México (México), Lima (Peru), Quito (Equador) e Santiago (Chile) em prol de uma campanha para a retomada do turismo internacional nos destinos.

Denominada Rede de Destinos Urbanos Latino-americanos (RDUL), os locais irão, durante oito semanas, divulgar as outras cidades como forma de impulsionar as viagens dentro da América Latina. A iniciativa ainda tem o objetivo de reativar a economia nesses destinos.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, lembrou que várias cidades brasileiras, como o Rio de Janeiro, já receberam certificações internacionais de biossegurança, e ainda destacou a importância do selo Turismo Responsável para a retomada do setor.

“A aliança destes destinos é de grande relevância neste momento em que buscamos garantir a segurança sanitária dos turistas. Temos trabalhado bastante para que todos os estabelecimentos turísticos do país tenham o selo Turismo Responsável, do Ministério do Turismo, que garante a aplicação de todos os protocolos recomendados pelos órgãos sanitários do país”, disse.

A parceria destas cidades tem como objetivo incentivar a retomada econômica destes países por meio do turismo, aliando toda as características que as unem como destinos latinos.

Atualmente, as fronteiras do Brasil, Colômbia, México, Argentina, Equador, Chile e Peru estão abertas para a entrada de estrangeiros. As cidades do Rio de Janeiro e São Paulo se declararam aptas a receber estes turistas.

Os destinos estão entre os mais procurados pelos brasileiros na retomada das viagens pelo país.


ATRAÇÃO DE TURISTAS

No último mês, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, esteve em Montevideo, no Uruguai, onde se reuniu com o presidente do país, Luis Lacalle Pou; o chanceler da República do Uruguai, Francisco Bustillo; o ministro do Turismo do Uruguai, Germán Cardoso Ferreira; o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashvili; e com o embaixador do Brasil no Uruguai, Antônio Ferreira Simões.

Na pauta estavam o reforço da parceria entre os governos e o fortalecimento mútuo do turismo entre as duas nações.

 

Via – Ministério do Turismo

DEIXE UMA RESPOSTA