Pavilhão Brasil na Milipol Qatar. Foto: ABIMDE.

No último dia de exposições, o Pavilhão Brasil na Milipol Qatar, feira de defesa e segurança realizada em Doha, atraiu parceiros e investidores em potencial. Nesta quarta-feira (17) o pavilhão recebeu a visita de representantes da Turquia, Tunísia e Paquistão, além do presidente e fundador do Doha Insurance Group, Sheik Nawaf Bin Nasser Al-Thani. 

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE), Bin Nasser é um dos mais proeminentes empresários do país. 

Além da ABIMDE, participaram do evento as empresas brasileiras Atech, Avibras, CBC, Condor, Embraer, Kryptus, M&K, Siatt e Taurus. 

A participação das companhias foi promovida pela ABIMDE junto com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) com o apoio dos ministérios da Defesa e das Relações Exteriores e da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB), visando a divulgação da Base Industrial de Defesa e Segurança (BIDS) do Brasil, a fim de expandir seus negócios no mercado internacional. 

Luiz Alberto Figueiredo Machado, embaixador do Brasil no Catar, apontou o papel de destaque das empresas brasileiras. 

“A participação do Brasil com pavilhão próprio, ao lado apenas de Alemanha, França, EUA e Reino Unido, confirmou a sólida presença da indústria de defesa brasileira no Catar, um parceiro importante para o nosso país tanto como consumidor de produtos finais quanto como investidor no parque industrial brasileiro. A qualidade e a confiabilidade dos produtos brasileiros são reconhecidas e respeitadas pelos parceiros cataris, e a ABIMDE tem um papel fundamental nesse setor.”

O evento foi aberto na segunda-feira (15) e foi o segundo do tipo a ser realizado durante a pandemia. No mês passado foi realizado a foi a International Defence Exhibition And Conference (IDEX), em Abu Dhabi.