Foto - Via Avianca

Nesta semana a Avianca Colombia confirmou que cancelou seus voos para Cuba, após novas sanções dos EUA inviabilizarem as operações da companhia para o país.

Atualmente, um voo diário é operado entre Bogotá e Havana, geralmente operado pelas aeronaves da família Airbus A320 da Avianca. O voo Lima-Havana operado pela Avianca Peru, que faz parte do mesmo grupo, também será cancelado.

A companhia evita falar mais sobre o cancelamento dos seus voos para Havana, porém, esse cancelamento pode ter relação com a participação da companhia aérea norte-americana United Airlines na Avianca Holdings, após um empréstimo não pago pelo Grupo Synergy garantir uma participação indireta da United na Avianca Holdings.

As novas sanções dos EUA fizeram até a própria Cubana, a companhia nacional de Cuba (e estatal), cancelar voos para 7 destinos, e acabar com seus voos fretados.