A Embraer anunciou hoje as primeiras vendas de jatos executivos Phenom 300E e Praetor 600 para clientes do Brasil. As novas aeronaves estão entre as mais avançadas da indústria e vão ampliar a existente frota fabricada pela companhia em operação no mercado nacional.

O primeiro Phenom 300E de matrícula brasileira foi entregue na semana passada, enquanto o cliente de lançamento do Praetor 600 no País receberá a aeronave no último trimestre de 2019.

“O incrível desempenho, flexibilidade de operação e alta conectividade de bordo fazem dos novos Phenom 300E e Praetor 600 aeronaves ideais para as necessidades de transporte das empresas, corporações e também provedores de serviços de aviação executiva”, disse Gustavo Teixeira, Diretor de Vendas da Embraer para a América Latina.

“O jato executivo é uma importante ferramenta de produtividade que contribui diretamente com a prospecção, desenvolvimento e crescimento dos negócios de nossos clientes. É uma satisfação contribuir com soluções inovadoras para o avanço e modernização do setor no Brasil.”

O Phenom 300E possui a designação “E” anexa à marca, que significa “Enhanced”, representando os novos interior e sistemas de entretenimento e de gerenciamento da cabine de passageiros nice® HD CMS/IFE, da Lufthansa Technik.

O jato é uma nova versão do líder de segmento Phenom 300, que em 2017 foi confirmado mais uma vez como o jato leve mais entregue, pelo sexto ano consecutivo. As primeiras entregas da nova aeronave tiveram início em março de 2018.

Embraer Praetor 600 poucos dias antes da sua apresentação oficial, no Aeroporto de Brasília.

O Praetor 600 foi apresentado ao mercado no fim do ano passado ao lado do Praetor 500 para revolucionar as suas respectivas categorias.

O Praetor 600 traz uma autonomia de voo sem precedente para a sua classe. Este é o jato executivo de porte super médio mais avançado e versátil, que permite voos sem escala entre São Paulo e Cidade do Cabo, Fortaleza a Madri, Londres a Nova Iorque ou voar de Angra dos Reis para Miami, com uma parada.

A aeronave tem capacidade para até 12 passageiros e alcance intercontinental de até 3.900 milhas náuticas (7.223 km). A expectativa é de que o Praetor 600 receba certificação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) no segundo trimestre de 2019.