Foto - Emirates/Divulgação

A Emirates declarou que está consolidando as operações de transporte de carga no Aeroporto Dubai International (DXB) a partir de hoje, 1º de abril, suspendendo as operações no hub central mundial da cidade de Dubai.

A Emirates está reorganizando sua rede de carga em resposta à interrupção das operações de passageiros, em meio à crise do coronavírus.

A empresa afirma que a decisão de concentrar as operações de carga no Dubai International, o principal aeroporto de passageiros, permitirá “otimizar” seus serviços SkyCargo, uma vez que alguns voos de carga estão sendo realizados usando aeronaves da frota de passageiros, os Boeing 777-300ER da companhia aérea.

A Emirates opera uma frota de 11 cargueiros Boeing 777, mas seus 777 de passageiros são capazes de transportar até 40 toneladas de carga nos porões, que ficam logo abaixo da cabine de passageiros. A própria Emirates utilizou um 777-300ER para trazer suprimentos médicos para o Brasil.

“Planejamentos e destinos para voos de carga dedicados em aeronaves de passageiros foram planejados tendo em mente a interconectividade ideal com as operações de carga programadas da Emirates”, acrescenta.

A Emirates mantém voos de carga, seja com cargueiros ou com aviões de passageiros, para cerca de 45 destinos em todo o mundo.

A SkyCargo tem ajudado em esforços específicos de suporte médico, incluindo o transporte de kits de teste de coronavírus de Guangzhou para São Paulo, máscaras faciais de Hong Kong para Sydney e equipamentos hospitalares para Milão e produtos farmacêuticos para Nova York.


 

DEIXE UMA RESPOSTA