Bitcoin Aviação Executiva
Foto/Divulgação: Dassault Aviation

A PrivateFly, uma empresa do Reino Unido que atua no setor de aviação privada conhecida por aceitar pagamento de voos executivos em bitcoin, a empresa declarou que teve um aumento substancial de pagamentos pela moeda digital.

De acordo com a PrivateFly, o pagamento de 1 em cada 10 voos é realizado com bitcoin.

A popularidade da compra de voos com criptomoedas disparou para a empresa nos últimos meses. Anteriormente cerca de 1 a 2% dos voos era pagos com bitcoin, contudo, em dezembro cerca de 12% dos voos foram pagos com bitcoin, e 13% em janeiro.

Em termos de receita, o salto é ainda maior com os pagamentos de Bitcoin representando 19% da receita de vendas da PrivateFly em dezembro e janeiro. Quem compra com bitcoin, gasta mais com voos executivos longos, e mais caros.

A empresa aceita desde 2014 o pagamento de voos executivos com bitcoin, quando um empresário do setor de tecnologia pediu para utilizar essa forma de pagamento. A criptomoeda também ganhou destaque na mídia desde 2017 pela sua valorização recorde.

Junto com Bitcoin, a PrivateFly também aceita uma variedade de outras criptomoedas via BitPay. O pagamento pode se realizado com Bitcoin Cash, Ethereum e quatro stablecoins indexados ao USD (GUSD, USDC, PAX e BUSD).

A nova conta Bitcoin Jet da empresa agora permite que os clientes mantenham seu Bitcoin abrindo uma assinatura. Os fundos podem ficar na sua conta de criptomoeda, para uso instantâneo e com valorização em tempo real da moeda.