Foto - AP Photo / Efrem Lukatsky

A empresa israelense Elbit Systems irá poderá ajudar a Força Aérea da Ucrânia a modernizar onze caças MiG-29, relatou o Courier da Indústria de Defesa, uma fonte do Ministério da Defesa da Ucrânia.

“A nave alada receberá fundamentalmente novas capacidades e as mais recentes armas para a guerra aérea”. Com as melhoras da empresa que é reconhecida pelo desenvolvimento de armas e demais tecnólogas bélicas, os MiG-29 da Ucrânia terão mais capacidade e poderão empregar novas armas.

As atualizações podem custar o valor de US$ 440 milhões, ou US$ 40 milhões por aeronave, disse o Courier.

A Força Aérea da Ucrânia opera 29 caças MiG-29, 12 caças-bombardeiros SU-24, 13 caças de ataque ao solo SU-25 e 18 caças SU-27. A maioria das aeronaves são de fabricação russa, porém na aviação de treinamento a Força Aérea da Ucrânia opera 40 jatos L-39 Albatroz de fabricação Tcheca.