EUA acusam a Rússia de interceptar bombardeiro B-52 de maneira perigosa

B-52

Nesta última sexta-feira a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) divulgou um vídeo, mostrando uma interceptação insegura de caças da Rússia, contra um bombardeiro B-52 da USAF.

Toda a ocasião ocorreu durante um voo do B-52 no Mar Negro. De acordo com a USAF, os aviões de caça realizaram várias manobras e aproximações do bombardeiro sem manter uma distância de segurança.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo:

Além disso, a USAF ainda relatou que os pilotos utilizaram de voos na mesma altitude à frente do B-52, com uso até de pós-combustão, para causar turbulência. Ao todo cerca de dois caças Su-27 da Rússia participaram dessa ação.

Por outro lado, em nota a Força Aérea da Rússia afirmou que todo o voo foi conduzido dentro das regras internacionais para a interceptação de uma aeronave. Já os Estados Unidos, acusa o país de quebrar essas regras por diversas vezes.

O protesto, contudo, não deve mudar os procedimentos de interceptação de aeronaves realizados pela Rússia. Os EUA não protocolaram uma reclamação em órgãos internacionais de aviação, e a Rússia diz sempre seguir os procedimentos, rejeitando colaborar com investigações.

 

DEIXE UMA RESPOSTA