Revo dos caças Typhoons da RAF e de Omã- Foto: RAF

O exercício conjunto de duas semanas entre militares da RAF e da Força Aérea REal de Omã, contou com a participação do Esquadrão 3 (Fighter) , da RAF Coningsby que opera os Eurofighters Typhoons, de caças F-16 e outras aeronaves da Royal Air Force of Oman (RAFO).Os pilotos do de Eurofighter Typhoon de Omã também conseguiram aprimorar suas habilidades de reabastecimento ar-ar com uma Voyager da RAF Brize Norton.

“O objetivo de estar aqui é realizar um compromisso de defesa com os Omanis para desenvolver nosso relacionamento de longa data com o Omanis, com base no bom trabalho que realizamos durante o Exercício SAIF SAREEA no ano passado‘, disse o Comandante de asa Steve Kenworthy Esquadrão OC 3 (Lutador).

Troca d eexoeriência entre militares das nações foi um dos pontos de destaque. Foto: RAF

Os militares de ambas nações tiveram uma grande troca de experiências, seja em voo, por terra, em salas de planejamento de missão. Tudo foi bem aproveitado pelos militares envolvidos.

“O objetivo deste exercício é criar a sala e o ambiente para a mudança de habilidades e a interação da equipe, tanto no nível operacional quanto no tático, bem como no planejamento e execução de todas as missões de exercícios; além disso, fornecer treinamento realista em combate aéreo para todos os pilotos participantes e seus tripulantes”.

Mas os pilotos da RAF tem agora uma outra missão com uma grande mudança de cenário.Os Typhoons irão para a região tropical da Malásia, onde participarão do exercício multinacional Exercise Bersama Lima. 

Typhoons da RAF sendo reabastecidos por um Voyager durante deslocamento para a Malásia- Foto: RAF

FONTE: RAF

DEIXE UMA RESPOSTA